Sexta-feira, 13 de Outubro de 2006

"QUANDO ADIRO A ALGUMA COISA GOSTO DE PAGAR..."

Detesto o gajo do "gato fedorento"! Viram o que deu aquele spot publicitário de uma empresa de telemóveis, viram? Deu ideias ao Sr. Ministro da Saúde, que, alheio ao humor implícito nessa mensagem, quer agora levá-la à prática! Ontem assisti à Grande (?) Entrevista com a judite de Sousa, e como doente potencial fiquei assustado! Em todo o mundo civilizado, a Cirurgia Ambulatória (operar o doente e dar alta no mesmo dia, com as mesmas condições de segurança do internamento), está a ser implementada como um meio de rendibilizar os serviços de saúde. Os incentivos estatais para os hospitais adoptarem esta metodologia são imensos. As campanhas de sensibilização junto dos dontes, visando explicar a segurança e comodidade de tal prática, idem aspas. Em Portugal, o nosso ministro tem uma opinião diferente e totalmente original! Como diriam os Monty Pyton: "and now, something completely diferent..." (para os leigos, os Monty Python não são ministros da saúde do seu país...) Quanto aos doentes pagarem uma taxa para serem internados e operados, acho muito bem!! É assim mesmo: queres ser internado e operado, queres? Então paga e não bufes, que é para não seres esperto! Esta malta contestatária também não sabe o que quer... A reestruturação das urgências hospitalares vai deixar 10% dos portugueses a mais de uma hora de um serviço de urgência! É apenas um milhão de portugueses, que diabo! É preciso tanto barulho por causa de "apenas" um milhãozito de pessoas? É claro que não explicou o que é "estar a menos de uma hora"... Após o acionamento dos meios de socorro? Depois da ambulância estar à porta? Como é? Ficámos também a saber que os cardiologistas portugueses foram os primeiros na europa a utilizar uns dispositivos ("stents medicalizados(?)") para tratar os portugas "cardíacos". O Sr. Ministro já deu provas mais que suficientes de gostar muito mais dos últimos que dos primeiros, mas daí a dar a entender que esses dispositivos ainda não provaram a sua eficácia e são muito caros... também não havia necessidade... A Ordem dos Médicos vai calar-se? Eu cá não me ficava! Já não percebo nada disto: o Primeiro Ministro quer apostar na inovação tecnológica (mais de 60% de investimento no OGE) o Ministro da Saúde não quer, o Ministro das Finanças diz que não paga, e o Ministro da Saúde diz que quem está doente é que tem de pagar! Vá lá a gente endendê-los... Se isto é o Choque Tecnológico, ainda vou ser electrocutado! Não vou ter problema! Estou a menos de uma hora de um serviço de urgência!
Luis Pinheiro às 14:20
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Castor a 13 de Outubro de 2006 às 15:32
Ora, tás a ver, tás? tás?... Então... Cala-te.

UGA e bem aparecido! Moi-je também regressou ao Dique e em força (acho).

Comentar post

.Eu

.pesquisar

 

.Outubro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. "QUANDO ADIRO A ALGUMA CO...

. TEORIA DA CONSPIRAÇÃO- Mi...

. INGRATOS! SÃO UNS INGRATO...

. VOLTO JÁ!

. ESTOU MELHOR...OBRIGADO!

. Tudo tem explicação...

. Bolo-Rei

. Vale a pena eu regressar?

. MaKambúzios

. ÚLTIMA HORA - PR EM COMA!...

.arquivos

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

. Fevereiro 2006

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds